Travis Barker: “Tive que aprender ‘Master of Puppets’, do Metallica, de frente para trás”

Autor Por camis182 em 22/11/2012

Durante uma recente entrevista sobre suas influências na bateria, Travis Barker, do blink-182 discutiu sobre algumas das gravações de artistas que ele tocou ao longo de sua carreira, incluindo Genesis, Metallica e Van Halen.

“Tinha uma louca, muito louca mini-ramp na minha vizinhança em Fontana, onde eu cresci. Os caras mais velhos do meu bairro sempre andavam de skate ali”, se lembra Barker durante seus anos de formação no Sul da Califórnia. “Para que eu fosse capaz de subir ali, ou para que eu mesmo pudesse estar lá e andar de skate com esses caras, eu tive que aprender “Master of Puppets” do Metallica de frente pra trás”.

“Então não era apenas uma questão se eu poderia aprender, isso foi quando eu estava aprendendo”, explicou. “Eu precisava aprender, então eu aprendi a música de frente pra trás em torno de uma semana”.

Barker também expressou seu amor pelo Genesis e Phil Collins, especialmente o som fechado das músicas de Collins, como o clássico de 1981, no single solo de ‘In The Air Tonight’.

“Phil Collins é um baterista que eu não vi na lista dos que foram os mais incríveis”, acrescentou Barker, se referindo à votação dos melhores bateristas de todos os tempos. “Ele sempre teve as melhores passagens musicais nos tambores de todos os tempos, que foram memoráveis e ficaram de fora. Eu sempre quis aprender essas passagens musicais. Elas eram simples, mas muito eficientes”.

Quando questionado se já existiu alguma passagem musical que foi a mais difícil de todas de aprender, Barker teve apenas uma resposta, e foi uma feita por um colega da lenda da bateria do Sul da California.

“Sabe o que foi dificil pra mim? ‘Hot For Teacher’, do Alex Van Halen”, admitiu, no que diz respeito ao single hit do Van Halen, do sexto álbum de estúdio da banda de 1984. “Eu não toco pedal duplo de bateria. Eu sempre fui um baterista de um pedal só, mas eu estava tão na pilha sobre a música ‘Hot For Teacher’, que eu fiz um pedal duplo e aprendi a tocar. Mas aquilo me deixou perplexo por um tempo. Ele faz um monte de coisas na introdução que são realmente complicadas, especialmente manter seus pés trocando os pedais, não deixando-os em semicolcheias. Isso foi um desafio. Provavelmente o mais difícil cara, e que, ainda hoje, deve pegar muita gente”.

Barker e os outros integrantes do blink-182 estão atualmente escrevendo músicas para o novo álbum que a banda espera lançar em breve. Enquanto isso, os fãs poderão saciar seu desejo por novas músicas do blink-182, com o próximo EP de Natal, o Dogs Eating Dogs, que estará disponível em 18 de dezembro, com pré-venda especial no site da banda.

Para conferir a entrevista em inglês, clique aqui.