Tom DeLonge fala sobre o Angels & Airwaves, pesadelos, ficção científica e magia para a Alternative Press

Autor Por Jorge Ferreira em 22/10/2014

O Angels & Airwaves acaba de lançar o trailer de Poet Anderson: The Dream Walker, o novo projeto de animação que a banda lançará em dezembro,  e que envolve toda uma temática de sonhos e viagens de consciência.

Se você ainda não viu o trailer, clique aqui e assista!

A Alternative Press entrevistou Tom DeLonge sobre esse novo projeto e você pode conferir a tradução da entrevista logo abaixo:

Não há nenhum novo filme de A Hora do Pesadelo para o Halloween deste ano, mas o trailer de The Dream Walker nos apresenta a entrada para um novo mundo dos sonhos, protagonizado por um herói pós-moderno chamado Poeta Anderson. Anos antes da popularização do iPhone e apenas alguns meses após a explosão do YouTube, o guitarrista do Blink-182, Tom DeLonge, tinha uma visão ampla e multiplataforma para a sua recém-lançada Angels & Airwaves. Um projeto ambicioso que abrange pelo menos um novo álbum (previsto para dezembro) e um curta-metragem de animação, The Dream Walker combina ficção científica, fantasia, ação e um pouco de filosofia. Mas DeLonge não quer parar por aí: dessa história ainda podem sair romances, graphic novels, quadrinhos, um filme live-action e muito mais. Enquanto espera pela mixagem final da trilha sonora do curta, que conta com a participação do multi-instrumentalista Ilan Rubin (Paramore e o Nine Inch Nails), DeLonge teve tempo para nos falar um pouco mais sobre tudo.

AP: Os últimos dois discos do AVA e os filmes que os acompanharam – Love e Love: Part Two – exploravam o tema da consciência humana. Já The Dream Walker trata sobre a conexão entre sonhos e a realidade. O que o fez passar a pensar sobre isso?

Tom DeLonge: O tema de sonhos veio na minha mente quando eu vi um documentário sobre pesadelos. Pesadelos são basicamente ferramentas que ajudam você a se preparar para as coisas do mundo real. Eu também sou astrólogo, então passei a me perguntar se, já que não existe um caminho linear para viajar para esses lugares distantes, quem diria para você que tudo não passa de um sonho? Eu trabalhei em dois roteiros diferentes, um meio épico e outro mais voltado para a ficção científica, mas os dois tratando de frequências e viagens através da consciência. A combinação dos dois foi que deu origem ao personagem principal, o Poeta Anderson.

poet_4

Fale mais sobre esse mundo dos sonhos do The Dream Walker.

O objetivo era criar uma história onde pesadelos, ficção científica, violência acelerada, paisagens deslumbrantes e mágicas fantásticas pudessem acontecer todas num único lugar. Eu queria que esse mundo dos sonhos fosse parecido com o que vimos em Blade Runner. O que não é mostrado no trailer – e que é mais trabalhado nos livros e filmes que ainda vamos lançar – é o Dream Walker. Todas essas artes conceituais que trabalhamos aqui no estúdio, elas são do Dream Walker, que é no que o Poeta eventualmente se torna.

O que significa a esfera na capa do álbum?

Dream Walkers são os mocinhos, mas existem também os caras maus. Eles estão basicamente lutando pela sua atenção enquanto você dorme, para influenciar suas decisões, que são tomadas baseadas nas coisas que você não se lembra dos seus sonhos. A esfera é um halo, uma bola de luz que flutua sobre eles. É a alma dos Dream Walkers, que os protege e os ajuda a enfrentar seus inimigos.

É bacana ver que você finalmente conseguiu realizar esse tipo de coisa.

Sim! O Angels & Airwaves sempre teve essa característica de ver o mundo de uma forma diferente e fazer cada um sentir essa experiência de uma forma única. A diferença agora é que nós temos uma empresa, a To The Stars, que está trabalhando a pleno vapor para fazer tudo funcionar da melhor forma possível. Temos todos os recursos para dar certo. Somos pequenos, mas temos entre nós um autor best-seller do The New York Times escrevendo nosso primeiro romance; teremos quadrinhos e graphic novels com lançamento internacional no outono. Nosso projeto para o filme de live-action está quase finalizado e devemos lançá-lo no fim do ano ou no começo de 2015. Eu ainda quero fazer mais animações, porque, bem, é super legal!

Sim, é muito legal. O trailer tem um quê de Tron, na minha opinião.

Sim, é verdade! Eu peguei os meus personagens favoritos e misturei todos juntos. Boba Fett, Tron..

Essa é a mesma forma de montar uma grande banda!

Exato! Quando eu escrevo minhas músicas, eu na verdade só estou tentando ser que nem os caras que eu gostava quando era adolescente. Eu sempre quis fazer parte dos Descendents. [Risos.]

Então o truque é combinar todas essas influências e fazer algo totalmente novo.

Esse é o objetivo, sim. Eu sempre achei que, se você pegar os ingredientes certos e misturá-los, você conseguirá algo interessante. Essa é a ideia na qual viemos trabalhando. É como pegar todos os elementos dos grandes e esmagá-los em um único mundo mais violento, assustador e acelerado. E aí encaixamos uma trilha sonora moderna, adicionando ainda um roteiro rico em detalhes – essa é a fórmula vencedora! [Risos.] Todo mundo trabalhando na mesma coisa, é assim que eu enxergo a arte acontecendo. Eu vejo um garoto usando um computador para gravar um álbum no seu quarto, e aí usando o mesmo computador para fazer um filme e encaixá-los num produto final bacana. Esse é o futuro da arte, na minha opinião. Pode não acontecer a curto prazo, pode não ser um Homem de Ferro da vida, mas um dia será. E nós queremos que o que estamos fazendo agora seja o pontapé inicial para isso.

Mais novidades do Angels & Airwaves:

Ouça “Paralyzed”, nova música do Angels & Airwaves

David Kennedy está fora do Angels & Airwaves

Angels & Airwaves libera vídeos promocionais do novo projeto “The Dream Walker”

Tom DeLonge se inspirou na morte de seu pai em faixa do novo disco do AVA