Travis Barker: “Depois do meu acidente eu prometi não lidar mais com besteiras”

Autor Por Wiu Eduardo em 12/03/2015

Em uma nova e recente entrevista ao Yahoo Music, Travis Barker falou novamente sobre a situação da banda, a saída de Tom DeLonge, os ensaios com Matt Skiba e quão empolgados estão para os shows no SOMA e no Musink, em 20 e 22 de Março respectivamente.

Veja um trecho da entrevista traduzido pelo Action182:

Quando isso aconteceu, Hoppus e eu estávamos sentados e ficamos tipo, ‘Que foda, a gente havia se comprometido a tocar e agora nós não vamos tocar’ “, diz ele.” Eles tinham feito tours australianas antes, sem mim, porque eu não queria voar, então Mark e eu estávamos tipo, ‘vamos fazer esse show sem Tom e continuar em frente. “A única pessoa que pensamos que poderia ocupar o lugar dele seria Matt Skiba, porque ele é um guitarrista que canta e nós dois somos fãs dele.

Enquanto as manchetes têm se concentrado na disputa entre os três membros da banda, Barker diz que ele e Hoppus já estão ensaiando com Skiba, e os resultados têm deixado a banda sentindo-se totalmente revigorada.

travis-barker-pose-2-action182

“Digo isso sem nenhuma má intenção:. [Matt] está mandando muito! É uma coisa para ter alguém lá que não é apenas motivado e feliz por estar tocando, mas existem harmonias agora”, ele diz. “É 100 por cento diferente e é incrível. É como o gosto de quando algo acontece com você e você fica tipo, ‘Porra, é assim que deve ser.” Por isso, foi muito foda como isso aconteceu, e tem sido incrível.

Para Barker, em particular, a energia negativa não era algo que ele quer lidar com eles. Depois do meu acidente de avião e tudo mais, eu fiz uma promessa a mim mesmo para não lidar com besteiras. A vida é muito curta cara. Estamos todos saudáveis, temos a sorte de tocar em uma banda que é adorada por milhões, e se você estiver querendo fazer algo garantido ou cagar nisso, faça da sua maneira.

Por enquanto, ele só quer se concentrar no Musink, uma vez que ele fez a curadoria do festival que é tão especial para ele – especialmente com tantos amigos íntimos, de Rancid a Prayers, uma banda de San Diego que ele está produzindo atualmente.

Você pode ler a entrevista completa, em inglês, clicando aqui.

Parece que veremos um blink-182 como a muito tempo não víamos, hein!?