Uma carta ao Mark Hoppus

Autor Por laisizzle em 15/03/2010

Resumidamente: você é meu herói.

Me estendendo: você é meu exemplo. O jeito que você fala e age são a minha fonte de inspiração e até mesmo de força. Eu não sei se você tem noção do quanto é especial, mas tenho certeza que se soubesse como os seus gestos e composições conseguem me afetar, você saberia. Se soubesse como um sorriso seu consegue melhorar meu dia ou como sua voz tem maior efeito sobre mim do que o usual, acho que seu ego ficaria tão inflado que seria insuportável.

Mas você merece. Eu digo isso sem te conhecer pessoalmente ou conviver contigo diariamente – você merece, sim. Não só por mim, mas por várias outras pessoas que você ajudou, incentivou e construiu, mesmo sem saber. Por todos os seus fãs e suas conquistas, por todo o seu caráter – isso não é algo que se possa forjar e manter ao longo dos anos perante o público – e sua humildade. Por todos os “and you” nos agradecimentos dos encartes dos CDs e o “but most of all thanks to all the fans. This is all because of you. I cannot thank you enough” no encarte do Greatest Hits porque, afinal de contas, você sabe reconhecer que você nos deve agradecimentos assim como nós também devemos agradecimentos a você. Eu espero – e tenho certeza que vários outros fãs também – que você tenha uma vaga idéia do orgulho que temos de tê-lo como ídolo, fonte de inspiração ou até mesmo herói.

Resumindo de novo? Eu – ou melhos, nós – amamos você. We can’t thank you enough. Feliz aniversário!

Laís Cerqueira Fernandes tem 16 anos, é estudante do Ensino Médio, futura estudante de Jornalismo, aspirante a escritora e sim, ela realmente tem essa tendência a ficar brega e melosa em datas que considera importantes. Mas hey, a intenção foi boa!