Rolling Stone relembra o primeiro show do blink-182 depois do hiato

Autor Por Danilo Guarniero em 19/02/2014

firefoxscreensnapz0025
 

Em 2014, faz 5 anos desde que aquele show nos pegou de surpresa. Alguns estavam acordados na madrugada para presenciar ao vivo o evento que era transmitido via internet, outros acordaram com a linda notícia e vieram logo ver as fotos e vídeos que saíam aqui no Action182 ou eram disseminados via Twitter e Orkut (pois é, ainda tava em alta).

Durante o show de TRV$-DJAM para a T-Mobile, algo que ninguém estava esperando aconteceu: Mark Hoppus e Tom DeLonge surgem, absolutamente do nada, tocando os riffs de The Rock show e fazendo a alegria da galera. Meio desajeitados, sim, com direito ao Tom errando e tudo, mas ainda assim era a primeira vez que o blink-182 subia em um palco para tocar desde 2004. É perdoável.

O site da Rolling Stone relembrou esse dia com uma matéria especial que você lê traduzida abaixo. Boa nostalgia =)

Muitas bandas deixam de lado as tensões entre os membros quando começam uma turnê de reunião altamente lucrativa, mas o blink-182 decidiu ser honesto. “Somos o blink-182,” Mark Hoppus disse à plateia minutos após subir no palco no primeiro show desde a volta, em maio de 2009. “E esse é nosso primeiro show depois de odiarmos uns aos outros durante muitos, muitos anos.”

Mais especificamente, Hoppus e o baterista Travis Barker odiavam Tom DeLonge. É uma longa história, mas para simplificar, DeLonge saiu da banda em 2005 para dedicar seu tempo com sua família e criar seu novo grupo Angels & Airwaves. Houve também alguns pequenos conflitos que vinham acontecendo e foram crescendo até chegar em 2004. Hoppus e Barker seguiram em frente como +44, falando com o Tom apenas através de indiretas pela imprensa.

“Os fãs me viram como vilão,” DeLonge contou em 2011. “Sei disso. Mas nada do que eu fiz foi com rancor. Eu cheguei a dizer muita merda porque eu fiquei viciado em Vicodin por um tempo, por causa das minhas costas que estavam péssimas. Eu caí de cabeça medicamentos e isso alimentou minha crença deque eu poderia mesmo mudar minha vida, e aquilo bagunçou tudo por um tempo.”

Infelizmente, foi necessário que o trágico acidente de avião em 2008 que matou quatro pessoas e deixou Travis Barker e DJ-AM gravemente feridos acontecesse para trazer a banda de volta. “É louco pensar que uma coisa tão péssima foi o que teve de ocorrer para nós voltarmos a nos falar,” Barker disse à Rolling Stone em 2011. “Eu estava no hospital. Tava uma merda. Eu estava sendo transferido para LA. Fiquei numa situação na qual consiguia ler uma carta, e ela tinha sido escrita pelo Tom. Eu não teria o mesmo sentimento que tive naquele momento se ele tivesse escrito a carta 6 meses antes.”

O grupo começou a conversar novamente e logo já estava se falando sobre uma turnê, apesar de Tom ter ficado preocupado em cantar as músicas antigas do trio novamente. “Angels & Airwaves¨estava anos-luz à frente de tudo que eu tinha feito até aquele momento,” ele disse. “Então, eu estava me perguntando se eu estaria preparado para tocar as músicas do blink-182. Mas assim que você pega a guitarra, você se lembra do quão rápido, alto e divertido era. Toda noite antes de subir ao palco, eu ainda ouço as bandas que eu costumava ouvir como Descendents e NOFX pelo mesmo motivo que eu ouvia quando era um moleque: traz de volta o eterno espírito infantil. É sensacional.”

Blink-182 fez uma turnê de reunião triunfante no verão de 2009. O primeiro show foi na festa de lançamento do T-Mobile Sidekick em Los Angeles, 14 de maio. Abaixo, um trecho do show com The Rock Show e Feeling This.