PunkDisasters.com entrevista Mark Hoppus

Autor Por Danilo Guarniero em 03/11/2009

O Mark deu uma breve entrevista via telefone para o site Punk Disasters. Ele respondeu algumas perguntas referentes à reunião do Blink, sobre a música “Up All Night” e sobre o Blinkumentary, entre algumas outras coisas. Confiram a tradução abaixo:

Quando você soube que o blink estava voltando?
Quando nós falamos sobre isso no pátio do nosso estúdio.

Qual direção vocês seguirão com o novo álbum, musicalmente falando? Será parecido com o material do Blink antigo, o álbum “Blink-182” ou algo completamente novo?
Acho que será o próximo passo depois do álbum “Blink 182”. Ainda soará como blink-182, e manterá o que o blink-182 é, mas nós estávamos muito animados com o último álbum e queremos dar o próximo passo de lá.

Quantas músicas vocês escreveram desde que voltaram?
Algumas, na verdade. Os primeiros meses após a nossa volta foram muito dedicados à escrever e colocar as idéias pra funcionar. Algumas delas funcionaram, outras não, e nós estamos bastante animados em relação às novas músicas, e não podemos esperar para voltar ao estúdio e finalizá-las.

Vocês têm alguma previsão para o lançamento de Up All Night?
Não, apenas quando nós pudermos terminá-la.

Quem escreveu Up All Night?
Essa foi o Tom que escreveu, e como todas as músicas do blink-182, as idéias de todos passaram pelas mãos de todos, e cada um vai mudando algumas coisas e acrescentando outras. A idéia original veio do Tom.

Você e o Tom cantam nela? Apenas o Tom?
Nós dois cantamos nessa música.

Como você se sente sobre o Tom ainda fazer parte do Angles & Airwaves?
Bom, todos nós fazemos coisas fora do Blink, sabe, Travis trabalha com artistas diferentes e produz algumas coisas. e eu trabalho com muitas bandas diferentes, faço muitos remixes e proções também. Acho que a melhor coisa agora é que todos estão focados no blink, nós três, porque é algo que nós amamos e não temos em nenhum outro lugar. É uma coisa muito positiva.

Antes do Blink voltar, você mencionou algo sobre fazer um álbum solo. Você ainda tem planos para isso?
Acho que agora não, mas quem sabe no futuro. Eu estou muito feliz que o Blink tenha voltado, e estou fazendo muitos remixes e produzindo bastante agora, e isso tudo é muito divertido pra mim. Eu nem acho que eu deveria pensar em um álbum solo à essa altura, mas, eu nunca diria “não”.

Como vocês cresceram como pessoas e como artistas após o hiato?
Acho que nós crescemos muito como pessoas com essa parada de 4 anos do blink-182, e tivemos um tempo para sair um pouco disso e apreciar o quanto nós somos sortudos pelo que nós construímos. E, obviamente com projetos diferentes que todos se envolveram, nós tivemos muitas novas idéias para trazer pro blink-182.

O chamado “blinkumentary” que andamos ouvindo ultimamente será uma continuação do Urethra Chronicles, ou algo novo?
Eu acho que será algo novo. Ainda tem muita diversão nele, mas não será mais tão bobo, sabe. Será mais sobre nós voltarmos juntos como amigos, e como uma banda e passando por essa turnê e a gravação do novo álbum, e tudo que está junto com isso. Acho que nós somos engraçados como pessoas e eu não acho que nós conseguiríamos nos levar tão a sério, então não seria um grande e épico drama ou algo como isso, mas eu acho que será mais sério que Urethra Chronicles.