Novo documentário do Blink-182 a caminho!

Autor Por Danilo Guarniero em 21/07/2009

O Mark teve uma breve conversa com o site Las Vegas Weekly e contou que um novo documentário do Blink-182 já está em mente, com filmagens que estão sendo feitas desde a reunião, passando pela turnê e até na gravação do álbum.

Confira a tradução da matéria:

“Estejam avisados,” lê-se na bio do baixista do Blink-182, Mark Hoppus, em seu Twitter. “Eu twitto MUITO.”
Ele faz jus ao aviso, “twittando” sobre tudo, desde linhas de teclado (“Qual dessas linhas de teclado é mais pegajosa: MGMT “Kids” ou Jay-Z “Brush Your Shoudlers Off?”), quando está na premiere de um filme (recentemente de Dare, estrelado por Emmy Rossum), até os ensaios do Blink-182 para a turnê que começa dia 23, em Las Vegas. Hoppus posta no himynameismark.com também. De fato, parece que o músico de 37 anos tem muito para documentar.

Não apenas Hoppus e seus companheiros de banda Tom DeLonge e Travis Barker, tem o fotógrafo Cobrasnake os acompanhando nas 52 datas da turnê, mas Hoppus contou para a Weekly: A banda também sera tema de um documentário que está por vir.

“Nós viemos filmando ele há alguns meses,” Hoppus disse, “Nos ensaios, nos preparativos da turnê, na turnê e até quando voltarmos para casa e entrarmos em estudio.”

“É legal,” ele continuou, “porque as pessoas que estão fazendo o filme são ótimos amigos nossos e eles são muito talentosos.”

Ter amigos trabalhando nisso tem seus benefícios. A banda é conhecida por tocar nua em shows e no videoclipe “What’s My Age Again?”. Amigos e nudez caminham juntos melhor que, bem, não-amigos-e-nudez.

Claro, você deveria assumir que depois de um hiato de 4 anos, o Blink-182 estará maduro e tirando apenas as meias no palco.

“Nós estamos todos nos 30 agora, então você poderia esperar que nós crescemos agora, mas esse não é nem o caso,” Hoppus assegurou para a Weekly. “Eu estou meio envergonhado/encantado de saber que eu tenho 37 anos e ainda dou risada de coisas que eu achava engraçadas no colegial.”

Ter mãos conhecidas trabalhando com as câmeras pode também os deixar mais tranquilos.

“Quando pedimos pra eles, ‘Ei cara, eu não quero uma câmera na minha cara agora,’ eles respeitam. E eles são talentosos de verdade, então eu não poderia pedir mais.”

O Blink 182 já tem experiência com alguns documentários. Em 1999 eles lançaram o DVD chamado The Urethra Chronicles, que mostrava os bastidores do trio. Em 2002 eles seguiram com o nomeado Urethra Chronicles II: Harder, Faster. Faster, Harder.

Em 9 de outubro, Hoppus e DeLonge terão mais tempo nas telas entre músicos e veteranos no documentário sobre o punk rock nos anos 90, One Nine Nine Four, por Jai Al-Attas e narrado por Tony Hawk.

Por enquanto, porém, está tudo nos últimos ajustes para a turnê que irá começar no The Joint quinta-feira e terá um segundo show na sexta-feira à noite. Se o Blink ficar com roupas ou se decidirem tirá-las juntos, as câmeras estarão rolando, esperamos.