MTV: Blink-182 promete mais obcenidades.

Autor Por Danilo Guarniero em 27/07/2009

Leia a tradução da conversa que a MTV americana teve com o Blink-182, onde falam sobre o sucesso da turnê com os shows lotados e o que a banda prepara para o futuro.

LAS VEGAS — Na noite de quinta-feira, o blink-182 retornou aos palcos com uma performance completamente rouca, inacreditavelmente profana e genuinamente eletrizante no Hard Rock Hotel & Casino. Fãs choraram, os caras mais velhos se jogaram nos moshes e o guitarrista do blink, Tom DeLonge tecia um inacreditável tapete de piadas sobre tesão no palco. Em outras palavras, foi justamente como nos velhos tempos.

Na sexta-feira – DeLonge, Hoppus e Barker estavam meio atordoados com tudo isso (Nós fizemos do único jeito que nós sabemos,” DeLonge riu “Nós estávamos bêbados”). Eles estavam oficialmente em um show com os ingressos esgotados da sua turnê de reunião, e, para ser honesto, levará alguns shows antes deles perceberem que isso está realmente acontecendo.

“É muito estranho, porque nos separamos por 5 anos e enfrentamos um tempo de anonimato e essas coisas – de alguma forma foi a melhor coisa que já aconteceu com a nossa banda,” Hoppus riu. “E eu não sei como isso, mas… é muito gratificante e estranho pensar que agora, é muito legal gostar de blink-182. Nós sempre existimos fora daquela realidade, e amamos aquilo, mas agora voltar e ter nossos ingressos vendidos assim, é estranho para todos nós. Vou falar por todos nós, OK?”

DeLonge e Barker concordaram. Para eles, a primeira noite com os ingressos esgotados foi um tipo de sonho bizarro que se tornou realidade. Eles disseram que não sabiam como os fãs iriam reagir com o anúncio da volta deles em fevereiro, e eles organizaram a turnê não sabendo se as pessoas ligariam para ela. Depois de tudo, não há novo álbum, não há novo single (o tão discutido single “Up All Night” não está pronto ainda). O sucesso dessa turnê vem da formidável volta do Blink.

“É tão estranho pensar que, depois de 5 anos os shows tão bem e há tantas pessoas animadas.” Hoppus riu. “Nós não sabíamos o que iria acontecer quando nós voltamos, nós só queríamos tocar mais música. E ter esses shows lotados e essa resposta ser o que é, é muito louco para nós.”

E enquanto a turnê está no começo, você pode dizer que o sucesso foi surreal, e foi também muito divertido. E se o Blink não passou pela sua cidade ainda, fique esperto.

“Nós iremos tocar em vários lugares com outras bandas… como festivais e essas coisas. Acho que, hmm, eu não gostaria de estar em nenhuma dessas bandas nesse momento.” DeLonge disse. “Acho que nós estamos dispostos a fazer ou dizer algo nos palcos. É uma dessas coisas que eu estou meio ansioso para dizer, porque o que nós sempre fizemos foi empurrar uns aos outros e ver que tipo de obcenidades nós podemos dizer.”

“Enchendo a barra.” Hoppus complementou, sorrindo. “Nós estamos enchendo a barra.”

281x211