Mark Hoppus e Tom DeLonge falam sobre show de 11 de Setembro

Autor Por Danilo Guarniero em 18/09/2013

tumblr_mr6ge28BQY1rvaseko1_1280

Como você já viu aqui no Action182, no dia 11 de Setembro, o blink-182 fez um show beneficente para um público bem reduzido no Music Hall of Williamsburg, em Nova York — o clube de shows tinha capacidade para 600 pessoas, mais ou menos.

Leia também: blink-182 faz show para 2.500 pessoas no em Nova Jersey

b-11Antes de subirem ao palco, Mark e Tom pararam para conversar com a  MTV americana e falar mais um pouco sobre esse show, que antes era uma data livre da banda nesta turnê de 2013, mas eles decidiram fazer algo especial.

“Tivemos a oportunidade de tocar no Brooklyn hoje e doar o dinheiro para caridade, e nós caímos para dentro,” contou Mark.

Ele também relembra o show que o blink-182 fez no dia anterior, para 2.500 pessoas, onde o dinheiro arrecadado foi doado para ajudar as vítimas do furacão Sandy. “Na noite passada, tocamos no Starland Balroom em Nova Jersey, cidade que foi devastada pelo furacão Sandy. Os últimos dois dias têm sido meio pesados, mas com um sentimento bem positivo, de dar a volta por cima. “

Mark Hoppus também se mostrou contente por estar tocando em Nova York exatamente no tão lembrado dia 11 de Setembro, e disse que fica feliz em poder proporcionar um pouco de alegria nessa data triste.

blink-182-35

E em 2001, ano do atendado às Torres Gêmeas, foi lançado o álbum Take Off Your Pants, um dos discos mais famosos do blink-182. Perguntado pelo entrevistador se ele se lembra do que estava fazendo no 11 de Setembro daquele ano, Mark reponde: “Nós estávamos no segundo dia de gravação do clipe de Stay Together For The Kids,” relembrou o baixista. “Acordei pela manhã, em San Diego, e vi no noticiário tudo que estava rolando. Todos chocados, ninguém sabia exatamente o que fazer. Entre uma tomada e outra, parávamos para ver as notícias.”

No final da entrevista, Tom DeLonge lembrou que o clipe que estavam gravando era a versão em que a casa está desmoronando sobre eles. Esse primeiro clipe citado acabou não sendo lançada na época por poder causar uma conotação que remetesse aos acontecimentos recentes, e foi gravada uma segunda versão em respeito à ocasião.

Assista à entrevista completa em vídeo abaixo: