Mark fala sobre seu remix de Jackson 5.

Autor Por Danilo Guarniero em 12/08/2009

Em entrevista para a MTV americana, o Mark contou detalhes sobre seu remix de “ABC”, do Jackson 5, que já havia anunciado há um tempo. Confira abaixo:

Mark Hoppus, do Blink-182, terminou seu trabalho de produção para o Motion City Soundtrack e All Time Low, e remixes para o Fall Out Boy, então ele se tornou mais do que experiente em mexer nos botões da mesa de mixagem. Mas quando ele recebeu uma proposta do pessoal da Motown Records sobre um novo remix, bem, as mãos dele estavam muito trêmulas para ele mexer em algum botão.

“Motown entrou em contato com vários artistas diferentes e produtores para remixar músicas do Michael Jackson e do Jackson 5, e eles estariam pegando 15 dessas faixas e colocando no iTunes, como se fosse um tributo.” Hoppus disse à MTV News na terça-feira. “E eu não sei como eu fui sortudo o suficiente para me envolver nesse projeto – é uma honra enorme – porque de alguma forma eles querem que eu faça um remix de ‘ABC’, do Jackson 5.”

Depois que o choque inicial passou, Hoppus e seu companheiro de produção Chris Holmes começaram a trabalhar no remix de “ABC” usando as gravações originais da Montown, o que foi uma grande experiência.

“Só ouvir as faixas já foi incrível. Digo, Michael Jackson tinha 12 anos quando ele cantava essa música,” Hoppus disse. “E é simplesmente incrível ouvir isso, e ouvir todas as faixas individuais e trabalhar nela. Foi uma experiência enorme para mim.”

Depois de ouvir todas faixas originais, Hoppus admite que seu foco principal para o remix de “ABC” era basicamente “não bagunçar com muita coisa.” O que significa que não há muitos sinos ou apitos nessa versão.

“Quando nós paramos pra ouvir a faixa, a voz de Michael é realmente a parte centrar da coisa,” ele disse. “Então o que nós fizemos foi colocar algumas pequenas coisas aqui e ali – tipo, eu toquei baixo em algumas partes, imitei a linha do baixo e dupliquei em alguns pontos com uma melodia um pouco diferente.”

“Nós adicionamos alguns sons diferentes de órgão, deixou bem organizado, porque foi gravado lá pelos anos 70, então tudo tem aquele som do Motown,” ele continuou. “Nós não queríamos fazê-la toda techno ou algum eletrônico estranho, ou coisas assim, mas é realmente sobre aquele vocal, então nós adicionamos outras coisas e eu remixei de uma forma que eu acho que realmente destacou os vocais e deu um novo sabor para a música.”

Hoppus e Holmes finalizaram a produção da faixa na semana passada – enquanto o blink-182 estava no modo turnê – e enviaram para a presidente da Motown, Sylvia Rhone, para uma aprocação final.

O projeto tributo “Michael Jackson: The Remix Suite” será lançado digitalmente (5 músicas por vez) a partir do dia 25 de agosto, e no dia 27 de outubro estará nas lojas em um CD físico, de acordo com a Universal Motown.