Mark fala sobre reunião do blink-182! [Traduzida]

Autor Por Márcio Medeiros em 10/01/2009

-> Tradução no Leia Mais.

Em uma entrevista para a Mtv News, Mark Hoppus falou sobre esse post de seu blog, sobre sua amizade com o Tom e sobre o futuro do blink-182.

A entrevista está dividida em duas partes, ontem saiu a primeira. Confiram clicando aqui.

A segunda parte será publicada na próxima quarta-feira e trará informações do +44, e segundo a matéria da Mtv: The answer might surprise you….

Tradução:

Exclusivo:Mark Hoppus fala sobre reunião do Blink-182.

“O futuro está bem aberto”, Hoppus diz para MTV News na primeira de duas partes da entrevista.

Em Novembro, Mark Hoppus causou fofoca na internet com um simples post no blog.

Foi a primeira fez que ele atualizou seu site desde que seu melhor amigo (e colega de banda) Travis Barker escapou da queda de um avião em chamas na Carolina do Sul, a qual matou quatro pessoas, incluindo o assistente de Barker, ‘Lil’ Chris Baker – com quem também Hoppus era próximo – e o segurança particular Charles ‘Che’ Still. E enquanto as palavras de Hoppus sobre a morte (e fuga) dos amigos eram sem dúvida tocantes, elas não foram o que fizeram os fóruns de discussão ativos .

Não, foi o último parágrafo do post, no qual ele escreveu que, devido ao acidente, ele e Barker começaram a passar o tempo com seu antigo companheiro de banda do Blink-182, Tom Delonge, que deixou a banda em circunstâncias decididamente raivosas em fevereiro de 2005. Foi a primeira vez em que os três ficaram juntos em um lugar em mais de 3 anos, e para muitos, isso significava somente uma coisa: finalmente, após todo este tempo, parecia que o Blink-182 voltaria.

É óbvio, não importava que, em umas poucas semanas, Barker tinha destruído esses rumores sobre a reunião. Pela primeira vez após um longo tempo, milhões de fãs do Blink tinham esperança. Sobretudo que, após começar toda a conversa sobre Blink, Hoppus não fez esforço para negá-la ele mesmo. Na verdade, ele não disse quase nada desde então.

Até agora, quer dizer. Na última semana, Hoppus concordou em conversar com o MTV News sobre o passado, presente e futuro (todos dos quais envolvem o Blink-182). Aqui, na primeira de duas partes da nossa conversa com ele – a segunda parte sai na quarta-feira – ele fala sobre o impacto de um simples post no blog, o conserto de seu relacionamento com Delonge e as perpectivas de uma plena reunião do Blink.

Sobre o post no blog: “Eu estou espantado com a resposta do que eu escrevi no meu blog. É incrível que tantas pessoas queiram saber o que está acontecendo. E eu sei que as pessoas têm muitas perguntas, então eu vou dizer tudo aqui nessa entrevista. Eu só estou falando por mim mesmo aqui. A resposta simples é, nós ainda estamos nos reconectando como amigos neste momento. Nenhum de nós sabe exatamente o que vai acontecer. Eu sei que nós todos estamos muito excitados de estarmos nos falando de novo, rindo e deixando o passado ficar no passado. Mas nós também estamos nos juntando depois de um rompimento extremamente amargo, muita raiva e frustração entre cada um de nós e 4 anos sem nos falarmos. Eu acho que nós precisamos voltar até um certo ponto como amigos antes que possamos entrar no palco juntos novamente, porque é nisso em que nós sempre baseamos tudo.”

Sobre seu relacionamento com DeLonge: “Neste momento, nós estamos apenas voltando a ser amigos. Eu falo com Tom várias vezes por semana, às vezes várias vezes por dia, e você sabe, ele é ainda o mesmo Tom com quem eu falava nos ônibus das turnês há quatro anos. Ele ainda fala sobre OVNIs e lasers e teorias da conspiração. Nós falamos sobre novas bandas que curtimos – Vampire Weekend – e o filme “Ressaca de Amor (Forgetting Sarah Marshall). Nós também fazemos piadas estúpidas de peido. Deus nos ajude, nós somos homens crescidos ainda fazendo piadas de peido… Quem sabe? Eu sei duas coisas: Uma, eu estou apenas contente que somos todos amigos novamente, e duas, nenhum de nós sabe nada mais para além disso.”

Sobre o futuro do blink-182: “O futuro está bem aberto. … Blink-182 não foi manufaturado por uma gravadora, e nós não estávamos fazendo música para ganhar dinheiro ou pela fama. Nós éramos três amigos numa banda, escrevendo músicas que amávamos. É aí que tudo começou e terminou. Antes que haja uma discussão sobre uma reunião, nós precisamos voltar àquele ponto novamente. Na verdade, nós precisaríamos passar daquele ponto, até um lugar onde você pode dizer para alguém, “Ei, cara, eu não estou realmente sentindo isso”, e pode discutir construtivamente sobre a música. Porque é aí que o melhor do Blink-182 veio à tona. A força entre as idéias que nós três tínhamos. Eu sempre achei que cada um de nós três trazia algo único e especial para as músicas, e a colisão desse elementos faziam a música ser o que era. Resumindo, nós precisaríamos voltar até estarmos próximos o suficiente como amigos e artistas para podermos dizer um ao outro, respeitosamente, “Foda-se”. Minha consideração final é essa: Se – e isso é um grande se – Blink-182 fosse algum dia voltar, teria que ser o mais incrível, ridículo, alucinante show e turnê de todos os tempos. Eu sinto que, por mais amarga que a nossa separação tenha sido, nós saímos fora no auge de nossa carreira, e nós teríamos que voltar ainda mais fortes e melhores que antes.

Então, se não existe uma reunião do Blink no futuro imediato, que tal a outra banda de Hoppus e Barker, +44? A resposta pode surpreendê-los. Veja o MTV News na quarta-feira para saber.

Tradução por MarceloCSC e Murillo. Qualquer erro, ou descuido, só avisarem que nós consertaremos. Obrigado.