" alt="nome da noticia">

Lista: 14 letras de músicas que fazem referência ao blink-182

Autor Por Danilo Guarniero em 14/09/2016

blink-182
O blink-182 já tem tempo de estrada suficiente para ter influenciado algumas gerações de músicos. Dessa maneira, dentro do universo do pop punk (e até fora), algumas bandas prestaram suas homenagens em alguma de suas músicas, já que o trio foi presente na vida de seus integrantes quase que de forma unânime. Igualmente, incomodou algumas outras, que naturalmente já ironizaram ou atacaram a existência da banda em alguma letra.

Independente se for uma menção boa ou negativa, aqui estão algumas das referências ao blink-182 que encontramos em músicas de outros artistas.

Caso você encontre alguma outra referência que não esteja nesse post, fique à vontade para usar os comentários e enriquecer ainda mais o post!

_

Chainsmokers – Closer

“Play that Blink-182 song that we beat to death in Tucson.”

Esta recente música do Chainsmokers dá um salve ao blink-182 em um trecho e foi através dela que tivemos a ideia de conceber essa lista. Quem sugeriu foi o @LGuiCordoni =)

Through Arteries – I slept with Tom DeLonge

Que ???? A música não tem absolutamente nada a ver com o blink-182 ou com o próprio Tom DeLonge, apesar do título “Eu dormi com Tom DeLonge”. Tá legal. Vamos considerar.

Travis Barker – Let’s Go

“Blink one hundred and eighty two times”

A faixa que está no disco solo de Travis Barker faz uma referência ao blink-182 na música Let’s Go. Como ela foi feita fora do próprio blink-182 e em parceria com alguns rappers, abrimos aqui a única exceção (poderíamos falar de No It Isn’t do +44, Rites Of spring do AVA… que também trazem sutis referências, mas seria trapacear, né?)

NOFX – Fun Things To Fuck (If You’re a Winner)

“Fuck fans of Blink-182. That’s illegal if you’re born in ’83”

Fat Mike e o NOFX não odeiam o blink-182. Talvez só queira mesmo tirar um sarro. Até porque ele já apareceu mais de uma vez junto com Tom e Mark e até mesmo foi técnico de baixo para Mark Hoppus em um show. Mas a música que fala sobre “coisas legais de foder” cita “fãs de blink-182 c” como uma dessas coisas, mas alfinetando que se você nasceu em 1983, isso seria ilegal. A música foi lançada em 2001. Basicamente o que ele quis insinuar aqui é que o blink-182 não tem nenhum fã acima de 18, é uma banda para crianças e pré-adolescentes.

Avoid One Thing – Pop Punk Band (feat. Matt Skiba)

“I wanna sing like Tom DeLonge”

Ah, a ironia. Uma música da banda Avoid One Thing que tira sarro de fãs e bandas de pop punk genéricas que tentam imitar o blink-182 (no trecho “quero cantar igual ao Tom DeLonge”) tem participação de ninguém menos que ele: Matt Skiba.

Steel Panther – Death To All But Metal

“Death to Papa Roach, blink-182… All those fucking pussies sounds like doggy-doo.
Wearing baggy pants, spiking up their hair. They’re not worth the crust on my underwear”

Outra dedicação de amor ao blink-182. Não. Na verdade, essa música pede morte a tudo o que não for metal. Vale ressaltar que essa música é sarcástica, assim como a própria banda em si. Resumindo: não leve o Steel Panther a sério!

Simple Plan – Grow Up

“This is who I am and this is what I like GC, Sum and Blink and Mxpx rocking my room”

Simple Plan presta uma homenagem a algumas bandas que faziam parte do cenário do pop punk no auge dos anos 90 e 2000: Sum 41, Good Charlotte, MxPx e o blink-182 nessa música que você provavelmente já ouviu muito na adolescência também.

Bowling For soup – Right About Now

“Everyone’s drinking and I’m sinking
Counting 182 lights are blinking on the screen”

Bowling For Soup – 20 Years (That’s A Lot Of Beers)

“Green Day’s been on broadway
Well Chris puked on that street
Back when Sum and Blink were funny”

Muitas referências para dizer, em uma música, que o Bowling For Soup continua a mesma banda de 20 anos atrás, ao contrário do Green Day, Blink-182 e Sum 41.

Son of Dork – Murdered in The Mosh

“This one goes out to all the fakers
You all know who you are
It started with a girl
Kept turning her nose up at my band
She’s into Yellowcard, Blink and Simple Plan”

Uma música sobre uma garota que gosta de um monte de coisas, incluindo blink-182, mas não gosta da banda deles. Basicamente é isso.

Machine Gun Kelly – Her Song

“I don’t know what home is because I’m lost without you,
Just like our favorite song, yeah blink 182″

MGK (ou Machine Gun Kelly) é um rapper americano e também um fã confesso de blink-182. Já participou do programa de Mark Hoppus e até cantou Dammit no palco com a banda. Obviamente não deixaria de prestar homenagem à banda em uma de suas músicas…

Machine Gun Kelly – Swing Life Away

“17 running up in Mickey D’s begging for a double cheese, huh,
Singing I don’t want to grow up, don’t nobody like you when your 23″

Que tal duas músicas que homenageiam uma de suas bandas favoritas? MGK Parafraseou o trecho “nobody likes when you’re 23” de What’s My Age Again nessa.

Methadones – Getting Older/Losing Touch

“who never thought of landing
in a place bands got squeezed to make room
for third generation blink-182 rip off’s”

Outra música criticando bandas que “tentam ser o blink-182” e acabam ganhando espaço em um cenário onde o punk rock virou mercadoria.

Veja também

Lista: As 7 músicas mais tristes do blink-182

13 participações de Mark Hoppus em músicas de outros artistas

10 participações de integrantes do blink-182 em clipes de outros artistas