Fatos sobre o Neighborhoods, primeiro disco do blink-182 depois do hiato

Autor Por Danilo Guarniero em 14/10/2015

29c002o

Chegou a hora de falarmos um pouco sobre o controverso Neighborhoods. Fora o EP, foi o último lançamento do blink-182 e o primeiro depois do hiato.

O disco começou a ser composto em 2009 e foi lançado somente em 2011. O processo de gravação foi um problema, porque os três estavam com dificuldade de sincronizar suas agendas. A solução foi gravar em dois estúdios diferentes (no estúdio do Tom em San Diego e no estúdio de Mark e Travis em Los Angeles) e, em grande parte, trocando ideias à distância – por e-mail ou, com bastante frequência, através de HDs e arquivos que eram trocados pessoalmente por seus assessores.

Confira abaixo alguns fatos desse disco:

Algumas músicas foram acrescentadas de última hora

O blink-182 estava com o prazo apertado e sofrendo pressão de sua gravadora, então a banda decidiu adiar uma turnê europeia para que pudessem finalizar algumas músicas e compor outras para que o disco estivesse completo. Caso isso não tivesse sido feito, músicas como After Midnight e MH 4.18.2011 não teriam existido, já que foram compostas em uma sessão de última hora depois desse adiamento da tour.

 

Em Fighting The Gravity foi usado um som de uma luminária vibrando

Apesar do título desse fato ser estranho, isso foi o que aconteceu: durante a produção, Mark Hoppus ligou uma bateria eletrônica no seu amplificador de baixo. Quando o volume era aumentado, o som era tão poderoso que fazia o local todo tremer, incluindo uma luminária de teto que ficava na sala. Então eles simplesmente microfonaram essa luminária tremendo para que fosse usada como o efeito que você ouve no início de Fighting The Gravity.

Aliás, essa música toda estranha foi escrita por Mark sobre uma experiência que ele teve quando colocaram LSD na bebida dele sem seu conhecimento. Quando tomou, não sabia mais o que estava acontecendo, ele achou que estava morrendo. Saiu correndo achando que as luzes dos carros eram monstros. Ele entrou no carro de sua namorada e pediu para irem embora de lá.

O riff da música Up All Night já existia desde, pelo menos, 2003

O trecho abaixo mostra o blink-182 gravando o Self-Titled, em 2003, e o Tom está mostrando esse riff para o Mark. Aliás, essa é uma das coisas que está na lista sobre o Self-Titled que fizemos semana passada. Caso você tenha perdido, veja aqui.

Foi o primeiro auto-produzido pelo blink-182

A partir do Enema Of The State, todos os discos do blink-182 foram produzidos somente pelo Jerry Finn, o qual os membros consideravam como o quarto integrante da banda. Infelizmente, para o Neighborhoods isso não seria possível, já que Finn faleceu em 2008. Dessa forma, os três decidiram que seria melhor se eles mesmos produzissem o disco por conta própria ao invés de chamar alguém para substituir Jerry.

Quer mais curiosidades sobre esse disco Clique aqui e veja o significado de cada música!

Por falar em Neighborhoods, não deixe de conferir as camisetas que temos em nossa loja virtual em homenagem às nossas músicas favoritas desse disco do blink-182:

BLK-091A.10-TST-728x870 BPRD-015H.02-BLK-728x870 BPRD-071A.05-TST-728x870