Curiosidades sobre Take Off Your Pants and Jacket

Autor Por Danilo Guarniero em 30/09/2015

tumblr_mlbuxkuknz1rp0dxxo1_1280

Na semana passada, falamos sobre alguns fatos a respeito do Enema Of The State, disco de 1999 do blink-182. Seguindo a ordem, o certo seria falarmos do disco ao vivo do blink-182, o famoso The Mark, Tom and Travis Show, mas vamos focar mais nos discos de estúdio da banda.

Apesar disso, só para não passar batido, alguns fatos sobre o The Mark, Tom and Travis Show antes de falarmos do TOYPAJ:

  • Foi gravado ao vivo em novembro de 1999 durante dois shows do Blink, e não apenas um

  • Algumas partes foram, posteriormente, editadas em estúdio

  • Uma das datas em que esse disco foi gravado foi o show do dia 5 de novembro de 1999, no Universal Amphiteater

  • Não existem vídeos de nenhuma das apresentações. Porém, existe um bootleg em áudio bem raro com a apresentação citada no tópico anterior:

Pronto, vamos falar do Take Off Your Pants and Jacket

Agora sim. Take Off Your Pants and Jacket foi lançado em 2001 e produzido novamente pelo finado Jerry Finn. Foi um disco que saiu sob muita pressão, dado o tamanho do sucesso do anterior Enema Of The State.

Depois de gravarem as demos para esse disco, a banda chamou Rick DeVoe, assessor da banda (ele mesmo, o atendente do cinema que se dá bem no final do clipe de Dammit), para que ele desse a opinião sobre tudo. Ele apontou a falta de músicas pegajosas, com aquela vibe de hit de verão. Resultado: Mark Hoppus mandou um “ah, então cê quer a porra de um single? Vou escrever a coisa mais grudenta que você já ouviu pra esfregar na sua cara” – foi pra casa e escreveu The Rock Show. Tom DeLonge fez o mesmo e criou First Date. Pronto, estão aí dois dos maiores sucessos da banda.

Entenda melhor a história de como essas músicas surgiram clicando aqui.

A gravadora MCA pressionava a banda para que compusessem rápido e também para que o resultado estivesse à altura do Enema. Uma vez, Tom conta que os executivos da MCA foram até o estúdio para ver como as coisas estavam indo e eles tocaram apenas duas músicas, só pra zoar. Foram elas: “Fuck a Dog” e “When You Fucked Hitler” (que depois mudou para “grandpa”). Nem é preciso dizer que a brincadeira fez com que os executivos ficassem loucos da vida.

O nome do disco já foi caso de justiça

Imagina só um disco chamado Take Off Your Pants and Jacket virar caso de justiça. Mesmo se o nome não fosse um trocadilho para masturbação (“jacket” = “jack it” = masturbe-se), ainda assim seria engraçado algo tão bobo ser tratado de forma tão séria. Mas aconteceu.

A história é a seguinte: o nome não foi criado por nenhum dos integrantes do blink-182. Eles não estavam conseguindo chegar em um nome, então Tom DeLonge pediu para que o técnico da banda Larry Palm desse alguma sugestão. Eis que este estava andando de snowboard quando viu uma mãe dizer para o filho ensopado para que ele tirasse suas calças e jaqueta. Aí a piada já estava pronta.

DeLonge disse para Larry que, se fossem usar esse nome que ele havia sugerido, eles entrariam em contato. Rick DeVoe, assessor da banda, enviou então uma carta para ele agradecendo a sugestão e oferecendo 500 dólares para a utilização, quantia que o técnico achou pouca. Em 2003, Larry Palm entrou com um processo de quebra de contrato e fraude contra a banda, exigindo 20,000 dólares. No fim, ambos os lados concordaram com a quantia de 10,000 dólares, a banda pagou e o caso foi encerrado.

Curte o Take Off Your Pants and Jacket como nós? Confira todas as camisetas em homenagens às músicas desse disco clicando aqui!

BPRD-047A.09-TST-728x870BPRD-003B.05-BLK-728x870BPRD-026A.02-BLK-728x870BPRD-044A.02-TST-728x870

 

 

 

 

Dois outros nomes foram cogitados antes de Take Off Your Pants And Jacket

Antes de se apropriar do nome que causou toda a confusão citada no item anterior, a banda estava pensando em outro nome com trocadilho, e era para o disco se chamar “If You See Kay” (se lido rapidamente pode dar a entender que está soletrando F U C K).

Também existe outro nome que estava em mente: Genital Ben, e a capa seria um urso, trocadilhos em referência ao livro e série Gentle Ben.

130430170249-07-anthony-bourdain-in-canada-horizontal-gallery

O disco tem três versões com diversas faixas bônus

O Take Off Your Pants and Jacket foi distribuído em 3 cores diferentes, seguindo as cores que estão na capa do disco: verde, vermelho e amarelo. Cada uma dessas versões trazia duas músicas bônus diferentes, uma séria e outra música zoeira. São elas:

Versão vermelha (avião): “Time To Break Up” e “Mother’s Day”

Versão amarela (calças): “What Went Wrong” e “Fuck a Dog”

Versão verde (jaqueta): “Don’t Tell Me It’s Over” e “When You Fucked Grandpa”

Todas as versões bônus estão compiladas no vídeo que você pode ouvir abaixo:

Na verdade, cada uma dessas cores e símbolos (avião, calças e jaqueta) foram atribuídas a um membro da banda, sendo que a cor verde com a jaqueta foi associada a Mark Hoppus, a versão amarela com as calças foi associada a Tom DeLonge (tudo a ver, ele é o nosso eterno hot pants, lembra?) e a versão vermelha com o avião foi atribuída a Travis Barker, mesmo que ele tenha relutado a aceitar devido ao seu medo de andar de avião. Nem precisamos mencionar a bizarra coincidência com seu acidente de 2008.

Houve atrito entre os integrantes durante a composição das músicas

É fato que o Box Car Racer, projeto que Tom iniciou em 2002, abalou a amizade entre ele e o Mark, mas parece que as coisas começaram a desandar entre eles já no Take Off Your Pants and Jacket.

No contexto em que estavam, a gravadora pressionava para que eles mantivessem o estilo que fez Enema Of The State ser um sucesso. O resultado disso, para Tom DeLonge, foi que houve muita limitação e isso deixou o guitarrista chateado.

Ele queria experimentar mais coisas e usar influências de post-hardcore nas guitarras, fazendo grandes referências a Fugazi e Refused, com guitarras mais pesadas e sujas. Já Mark Hoppus adorava a sonoridade e tudo o que estava no Enema, e queria fazer de novo tudo o que estava nesse disco (das músicas aos clipes).

Esse impasse fez com que, pela primeira vez, a banda trabalhasse um em oposição ao outro. Apesar de isso ser algo que, eventualmente, transformou o disco em uma obra com músicas excelentes, Mark Hoppus disse que as sessões de composição ficavam tensas às vezes. Segundo ele, naquela época começou uma espécie de competição silenciosa entre Hoppus e DeLonge pra ver quem conseguia escrever o melhor refrão ou a letra mais inteligente.

Nas palavras de Mark Hoppus: “Nossa confiança e insegurança começaram a explicitar algumas diferenças calorosas a ponto de termos que sair da sala para esfriar a cabeça. Jerry Finn geralmente chegava pra acalmar as coisas com uma piada e também para dar alguma opinião ou conselho, expandindo as perspectivas.”

Continue lendo…

Além dessas curiosidades, confira também outros fatos relacionados ao Take Off Your Pants and Jacket que já publicamos aqui no site:

A história do Take Off Your Pants And Jacket (Parte I)

A história do Take Off Your Pants And Jacket (Parte II)

Você já ouviu a versão original de “Please Take Me Home”?

TOYPAJ entre os 50 melhores álbuns de rock dos anos 2000