blink-182 pode lançar EP no final do ano com mais músicas inéditas

Autor Por Danilo Guarniero em 04/05/2016

blink182-2016-lead

Ainda nem saiu o novo disco do blink-182 e já se fala em mais músicas inéditas.

Em entrevista para a rádio 101WKQX, de Chicago, Travis Barker voltou a contar que a banda compôs muitas músicas antes de chegar nas 16 faixas que compõem este que é o sétimo disco do blink-182 – e primeiro sem Tom DeLonge. Muitas mesmo.

Segundo o que o Blink vem dizendo, e ele reforça nesta entrevista, eles compuseram cerca de 20 músicas ano passado, antes de começarem a gravar de fato. Em 2016, os três entraram em estúdio com o produtor John Feldmann e a primeira coisa foi descartar todas estas ideias e criar cerca de 28 músicas a mais.

A banda (especialmente ele) ficou muito frustrada por ter que descartar tantas músicas. Barker diz que já tinham deixado os fãs esperando por tanto tempo (com Tom DeLonge eles sempre ficavam prometendo e nunca lançavam nada), “quanto mais músicas e quanto mais turnê agora, melhor”.

Barker conta que deixaram muito material sobrando das sessões com John Feldmann e também as que fizeram ano passado em seu estúdio. Ele revela que “pode ser que haja um EP ou alguma coisa no fim do ano,” e completa: “há uma abundância de material do blink-182.”

O blink-182 lançará seu próximo disco, California, dia 1 de julho. Este será o sétimo trabalho de estúdio da banda e primeiro sem a participação do guitarrista e fundador Tom DeLonge, que foi substituído ano passado por Matt Skiba, mais conhecido por seu trabalho à frente do Alkaline Trio.

Leia também:

Tudo o que você precisa saber sobre California, o novo disco do blink-182

Travis Barker comenta relação amigável com Tom DeLonge

Mark Hoppus diz que volta de Tom DeLonge ao blink-182 está “longe de ser uma possibilidade”