As 10 melhores músicas de Mark Hoppus

Autor Por Mona em 15/03/2013

Para comemorar o aniversário do Octopus Man, abandonamos os singles e selecionamos 10 músicas que mostram porque os fãs (e suas mães) amam tanto esse cara. São os M-SIDES!

mark hoppus best songs

Escolhemos os b-sides do Mark, as músicas escondidas entre os grandes sucessos, gravadas pelo único cara no mundo que tem um baixo que se chama alface.

 

1. Wasting Time – Cheshire Cat (1994) 

Aprender mais sobre arte moderna, mostrar para o amor da sua vida que peidar é natural e ser multado por dirigir pelado. Só mais um dia na vida do jovem Mark.

 

 

2. A New Hope – Dude Ranch (1997)

Star Wars é bom por vários motivos, mas por um em especial: Princesa Leia de biquíni. Mark sabia bem disso e fez a sua declaração de amor pela escrava do Jabba The Hutt e herdeira do trono de Alderaan nessa música. “Even though I’m not as cool as Han, I still wanna be your man – You are exactly the kind of Alderaanian that I need.” É provavelmente uma das melhores frases que ele já escreveu.

 

 

3. Don’t Leave Me – Enema Of The State (1999)

Não sabemos o que é mais rápido: a música ou o tempo que ela levou para ser escrita. Hoppus levou 5 minutos para compor uma das músicas que foi declarada a sua favorita por muitos anos.

 

 

4. Going Away To College – Enema Of The State (1999)

Bom era matar aula para ver as meninas da escola na educação física. Ruim foi ter que ir para a faculdade e deixar aquele amor do ensino médio para trás. Uma das favoritas dos fãs que provavelmente já passaram por esse dilema.

 

 

5. Shut Up – Take Off Your Pants And Jacket (2001)

Uma música que fica na cabeça por horas, mas que nunca passou pelos repertórios do blink-182. Definitivamente um M-SIDE!

 

 

6. When You Fucked Grandpa – Take Off Your Pants and Jacket (2001)

Lembre-se: tudo sempre pode ser pior. Essa música por exemplo, inicialmente não era sobre o vovô, e sim sobre Hitler.

 

 

7. Here’s Your Letter – blink 182 (2003)

“A última estrela que resta no céu está caindo em direção a Terra. E você, ainda se sente do mesmo jeito?” Brincadeiras a parte, Mark Hoppus é um excelente compositor, e as suas letras mais poéticas começaram a aparecer no disco que foi um divisor de águas na carreira do blink-182.

 

 

9. Baby Come On – When Your Heart Stops Beating (2006)

Sem a parceria de Tom Delonge, Mark teve que assumir a responsabilidade de compor todas as músicas do único disco lançado pelo +44 até o momento, When Your Stops Beating. Do começo ao fim, o álbum é uma coleção de letras muito bem escritas pelo baixista, descritas pelo próprio como o registro mais pessoal que ele havia feito em suas músicas até então.

Escolhemos Baby Come On para essa lista por ser declaradamente uma das favoritas de Mark em sua carreira.

 

 

10. M.H. 4.18.2011 – Neighborhoods (2011)

Para encerrar, uma música que leva o nome dele. M.H. (Mark Hoppus) 4.18.2011, ficou com esse nome, pois segundo o seu parceiro Tom Delonge, “ela é a cara do Mark”.

Concordamos! A música fala sobre viver sob medo e opressão, e leva uma das frases mais marcantes do disco: Stop living in a shadow of a helicopter!

 

FAIXA BÔNUS

 

Until The Stars Fall From The Sky – Fired Up! Soundtrack (2009)

Essa música foi escrita em parceria com o compositor Richard Gibbs para a trilha sonora do filme Fired Up! e está aqui para deixar uma idéia: um disco solo do Mark seria, no mínimo, muito divertido.

A seleção e o post foram elaborados por Marcelo Ferraz Pacheco.