" alt="nome da noticia">

As 10 bandas que influenciaram o blink-182

Autor Por nath em 06/04/2013

Sabemos que o blink-182 foi uma grande influência para o cenário do punk-rock mundial, mas você já parou pra pensar em quem o trio se inspirou? Você sabe quais bandas levaram Mark, Tom, Travis e Scott a montar uma banda de punk-rock e não uma pop boyband? Caso não saiba, fique tranquilo. O Action182 listou as 10 mais importantes:

Blink-182

Pennywise

O Pennywise começou suas atividades em 1988 na pequena cidade de Hermosa Beach, LA. O nome da banda foi inspirado em uma criatura do livro “A Coisa” de Stephen King. Com letras politizadas, sempre com protestos e um som rápido, o Pennywise se tornou uma das bandas mais influentes do punk-rock californiano na década de 90. Um fato curioso, foi que durante a segunda parte da turnê “Good Times” – realizada na Austrália no final de 1995 – o Pennywise bancou as passagens do blink-182, já que a banda não tinha dinheiro para realizar a viagem.

 

 

The Cure

O The Cure foi formado em 1976 em Crawley, Inglaterra. Além de ter servido como influência para diversos artistas, foi a primeira banda de rock alternativo a ter um sucesso comercial nas paradas, numa época em que esse estilo musical ainda não era muito conhecido. Mark Hoppus, com uma das suas primeiras bandas, o The Attic Children, chegou a gravar algumas demos e a maioria baseada em covers do The Cure. Vale sempre lembrar a parceria entre Robert Smith (líder do The Cure) com o blink-182 na música “All Of This”.

 

 

Bad Religion

O Bad Religion recebe grande parte dos créditos por liderar a segunda geração do punk-rock no início dos anos 90. Suas músicas geralmente carregam algum tema social e expressam a ideologia da banda através de metáforas. Recentemente, o atual baterista do Bad Religion, Brooks Wackerman, foi escolhido para substituir Travis Barker durante a turnê australiana do blink-182.

 

 

Screeching Weasel

Citada por Tom DeLonge como uma das suas maiores influências para escrever músicas, o Screeching Weasel se formou em Chicago no ano de 1986. A história da banda é formada por muito altos e baixos, com várias modificações de integrantes e hiatus ao longo dos anos. O blink-182 já fez um cover do Screeching Weasel, a música “The Girl Next Door” que faz parte do “Buddha”.

 

 

The Descendents

Um dos pioneiros do pop-punk californiano, o Descendents surgiu em 1978 na cidade de Manhattan Beach. Para se ter uma noção do quanto a influência deles é forte, Tom DeLonge uma vez declarou que “Descendents é a banda que fez com que todos nós ouvíssemos punk-rock. Eles são a banda com que todos nós nos identificamos quando éramos jovens”.

 

 

The Vandals

Ao invés de usar suas músicas para protestar ou atacar a política, o The Vandals preferia incluir o humor e o sarcasmo em suas canções. A banda não só ajudou a divulgar o blink-182 (levando-os juntos em turnês, por exemplo), como também relançou o álbum “Buddha” em formato de CD pela sua gravadora, Kung Fu Records (“Buddha”, originalmente, foi lançado em cassete em 1994. Depois, em 1998, foi remixado e remasterizado para ser distribuído em CD).

 

The Ramones

A influência dos Ramones sob o blink-182 pode ser resumida em uma música: All The Small Things. Sobre ela, Tom DeLonge declarou: “Eu queria escrever uma música com “na na na’s” porque eu amo Ramones. Pensei que fosse escrever uma música sobre uma garota, mas acabei fazendo também um tributo aos Ramones”.

 

Green Day

Sabem o que Mark Hoppus estava tocando em sua garagem quando conheceu Tom DeLonge? Uma música do Green Day. De acordo com Hoppus, Billie Joe e companhia abriram várias portas, não só para o blink-182, mas também para toda a geração do pop-punk que veio depois. Em 2002, as duas bandas foram headliners da Pop Disaster Tour (que contou também com o Jimmy Eat World).

 

The Beatles

É uma banda que dispensa apresentações e que tem o blink-182 em sua fanbase. Mark já declarou que cresceu ouvindo a banda britânica e foi mais além ao dizer que deve tudo aos quatro garotos de Liverpool.

 

NOFX

O NOFX, na estrada desde 1983, se destaca não só por ser uma das bandas mais influentes de punk-rock, mas também por ter atingido um grande sucesso sem nunca ter assinado com uma grande gravadora. Suas canções geralmente abordam temas como política, sociedade, racismo, a indústria da música e religião, sempre com doses humorísticas. O blink-182 incluiu um cover da banda, a música “The Longest Line”, na demo “Flyswatter”. Além disso, o NOFX tem uma música chamada “Fun Things To Fuck” na qual os fãs do blink-182 fazem parte da lista.